Paul Gannay

Lendário Agente de Desenvolvimento

Francês da gema, este doutor em direito integra em 1906 o Banque de l’Indochine, no final de seus estudos. Com um início modesto, a sua carreira evolui posteriormente para cargos de alta responsabilidade. Ele ocupará, especialmente, o cargo de diretor da Agência de Saigon em 1920 e de Inspetor Geral do Banco em 1926. Assume o controle de todas as sedes da rede e mantém relações com as mais altas autoridades locais.

 

Um papel decisivo para o território e para o Banco 

Pelo seu talento, toma parte ativa no desenvolvimento econômico da colônia, sendo ainda delegado da Cruz Vermelha para a Indochina. Nos anos 30, desempenha um papel decisivo a serviço da economia indochinesa, que estava na altura em risco de colapsar devido à crise. Mais tarde, sua ação permitirá ao Banco proteger a sua independência quando o Japão invade o território, e também durante a guerra da Indochina.

 

Simplicidade, talento e originalidade, uma lenda na Casa 

Paul Gannay também não será esquecido pela sua personalidade incomparável. Apesar dos altos cargos que ocupou na sociedade de Saigon, sempre viveu de uma forma muito simples, geralmente vestindo calções e sandálias... Mas com uma pantera negra.

Voltar para parte de cima